Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2011
# Requisitos Funcionais

 Na aula de hoje demos início à listagem de itens a serem implementados.

Posteriormente será publicada a respectiva lista final.

 

 




Sexta-feira, 25 de Fevereiro de 2011
#Briefing

O projecto PegadaTelevisiva insere-se na categoria de televisão interactiva, tendo uma maior ênfase na área de social-iTV.

 

O proposto difere-se dos restantes trabalhos desenvolvidos nesta área, pelo facto de se caracterizar na junção de diferentes ideias, implementadas ou apenas prototipadas. Desta forma, através das pesquisas realizadas, não se encontram em fases de estudos ou até mesmo implementadas, concepções iguais.

 

O trabalho apresenta como factor inovador, o facto de os utilizadores, através da navegação na aplicação, conseguirem desenvolver e posteriormente consultar todo um historio da sua “pegada televisiva”, bem como, toda a possibilidade de sociabilizar informaticamente com “amigos” da rede, conseguirem sugerir aos mesmo programas para visualizarem, conseguirem ter acesso a hipóteses de pré-selecção de programas que poderiam enquadrar-se no seu perfil de utilizador.

 

A área da interactividade pensada para a televisão, encontra-se em forte expansão, tendo como grande objectivo estimular a sociabilização dos seus utilizadores. Estes caracterizam-se por todos os telespectadores que usufruem do uso da televisão. Cada vez mais, nos deparamos com a problemática do isolamento, tendo a televisão uma forte função de fornecer um acompanhamento e forma de lazer.

 

A aposta na área da televisão interactiva - mercado em expansão -, deve-se igualmente ao facto de se ter vindo a analisar os telespectadores sentem necessidade de se manterem sempre em rede (always on). Assim sendo, o projecto PegadaTelevisiva pretende disponibilizar aos telespectadores a possibilidade de conseguirem manter um contacto permanente, através da criação de perfis pessoais.

 

Em Portugal a televisão interactiva encontra-se implementa, por exemplo, na MEO, IRIS-ZON, CaboVisão. Existe todavia aplicações ainda em fase de protótipo como é o caso da WeOnTV. Este projecto, na área da TV Interactiva (Social iTV), projecto desenvolvido no laboratório do Sapo na Universidade de Aveiro, “estabelece a ponte entre conteúdos televisivos e funcionalidades comunicacionais e sociais da Web, tornando disponível, através do uso do telecomando da box, a troca de mensagens instantâneas. A informação de presença (estado e canal televisivo visto pelos contactos do utilizador) e a recomendação de canais complementam esta integração de funcionalidades. Potencia-se, assim, a criação de redes sociais de telespectadores para uma experiência de visionamento colectivo e de comunicação em torno de conteúdos televisivos”. Outro caso de aplicação na área da TV Interactiva é o iNeighbour que consiste no projecto no âmbito universitário. Tem como objectivo obter o seu público de uma forma significativa de jovens gerações, visto que se direcciona para público de uma faixa etária mais elevada, tem especial preocupação com a problemática da alfabetização digital uma vez que são menos familiarizados com as ferradas de Computador.

 

Porém, nenhuma das aplicações anteriormente possibilita a vasta utilização que é pretendida por parte do presente projecto. Independentemente desta situação, existem serviços como: gravar, parar, avançar e retroceder a emissão; social iTV; sistemas de recomendação; sistemas de conversação; histórico televisivo; vídeo clube; karaoke; widgests; integração com redes sociais; emotions; conta do utilizador (perfil); agenda, entre outros, que o projecto PegadaTelevisiva adoptaria como forma de se auto-enriquecer.

 

Toda a elaboração do conceito da PegadaTelevisiva terá em conta factores cruciais como desenvolvimento das interfaces gráficas, nas diferenças existentes na interacção do Utilizador-Computadores versos Utilizador-Televisão.

 

 

 

Fazer o dowlnoad: 

 Briefing.pdf

 


tags:


#Entrega TP01 - Estado da Arte

 

# Missão e Valores

 

 

A missão da PegadaTv consiste em possibilitar de forma inovadora a comunicação em rede através de um display diferente do habitual (televisão). Pretende-se desenvolver esta ideia para diferentes tipos de público, tendo uma abrangência populacional alargada.

Inovação: uma vez que as pessoas estão cada vez mais familiarizadas com as novas tecnologias oferece-mos um serviço alternativo que possibilita a inserção de diferentes serviços pré-existentes. Sendo esta uma área em constante renovação é necessário uma constante preocupação com as evoluções tecnologias, bem como as exigências dos utilizadores.

 

Confiança: pretendemos agir com transparência, fiabilidade, integridade de modo a criar uma imagem consistente.

 

Orientação para o cliente: respeitamos as pessoas, as suas necessidades e gostos.

 

Criatividade: Uma vez que a aplicação poderá ser utilizada por diversas pessoas, com diferentes gostos, é importante desenvolver uma interface original e cativante.

 

 

# Valor da proposição, processos ou serviços

 

 A televisão interactiva, fortemente inovadora, tal como afirma Jorge Ferraz, ”(…) não é sinónimo de televisão digital(…)”. Esta tem-se vindo a expressar em vários países, como Portugal, mesmo antes de serem introduzidos quaisquer elementos interactivos na televisão (como foi caso do programa "Agora Escolha" e posteriormente, o caso do programa infantil “Hugo”).

Contudo, vários serviços têm surgindo ao longo dos tempos, embora actualmente nenhum implementado desempenhe os conceitos globais do presente produto. Como exemplos de serviços interactivos temos o IPTV, MEO, ZON, CaboVisão. Desta forma, e visto que, os serviços de televisão interactiva em Portugal estão cada vez mais a desenvolver grande potencial de evolução o produto apresentado, ostenta forte potencial/valor. Este serviço oferece a possibilidade dos telespectadores escolherem o seu percurso televisivo, mais concretamente, possibilidade de criar a sua pegada televisiva. O valor do produto pode igualmente ser associado ao facto de poder vir a ser possível aos telespectadores educarem-se no âmbito das novas tecnologias, havendo igualmente, grande preocupação no que                                                                                                                 toca ao desenvolvimento das interfaces devido ao facto de existir um vasto leque de utilizadores, com as mais variadas características.

 

 

# Público-alvo e stakeholders

 

O público-alvo deste projecto destina-se a todas as pessoas que gostem deste género de abordagem multimédia em rede e que tenham relativa facilidade de manuseamento e percepção de equipamentos que permitam a interacção com o televisor (que no caso será o comando onde o telespectador terá de saber lidar com o paradigma dos seis botões, paradigma cromático e de com o paradigma de usabilidade).  

 

# Valores centrais (Análise SWOT)

 

A Análise SWOT consiste, de forma sucinta, na análise de cenário (ou análise de ambiente), sendo usado como base para gestão e planeamento estratégico de uma corporação ou empresa, mas podendo, devido a sua simplicidade, ser utilizada para qualquer tipo de análise de cenário, desde a criação de um blog à gestão de uma multinacional.

  

 

 

 

 

Tal como anteriormente se encontra expresso visualmente, a análise SWOT tem como objectivo efectuar uma síntese das análises internas e externas, implica estabelecer prioridades de actuação e preparar opções estratégicas: riscos/problemas a resolver. Tem como vantagem o facto de realizar uma previsão de vendas em articulação com as condições de mercados.

 

Desta fora, após se ter desenvolvido uma análise esquematizada, procedemos à elaboração de uma tabela, tendo como base a imagem anteriormente apresentada, que nos poderá ajudar futuramente na elaboração do presente projecto

 


 

 

 

 

# Estratégias competitivas

 

Diferenciação: Este projecto permite aos utilizadores saberem o que os seus contactos das redes sociais estão a visualizar nos seus televisores podendo interferir na navegação desses mesmos contactos através de um sistema de recomendação que será implementado.

 

 

# Identidade do nosso projecto

 

Em suma o projecto será denominado “PegadaTV”, este baseia-se na criação de um Histórico interactivo de acessível navegação que permita que qualquer pessoa consiga entender as funcionalidades presentes na interface. E também será implementado um sistema de recomendação em rede onde o utilizador poderá socializar com os seus contactos de redes sociais enquanto está a ver tv no conforto do seu lar, este também poderá saber o que os seus contactos (“amigos”) estão a ver em tempo real e recomendar-lhes que vejam outros programas.

 

 

 

 

 

 

Pesquisas

 

# Sistemas de recomendação – estado arte

 

Visto que hoje em dia a quantidade de informação existente é grande, os sistemas de recomendação são cada vez mais importantes, visto que, reduzem a sobrecarga de informação através da selecção de conteúdo baseado nas preferências do utilizador. Um sistema de recomendação bem pensado/elaborado/aplicado pode significar a conquista dos utilizadores face à problemática de navegação.

 

Após se ter desenvolvido um pequena pesquisa sobre a temática - Sistemas de Recomendação (Recommender Systems) – foi possível constatar que estes podem ser classificados em três categorias, de acordo com a abordagem utilizada para a recomendação:

   - Abordagem baseada no conteúdo (são recomendados produtos similares com os que o utilizador mostrou preferência anteriormente)

  - Abordagem colaborativa (são recomendados itens ecolhidos por pessoas com prefrências semelhantes às do utilizador)

  - Abordagem híbrida (combinam as duas técnicas)

           

Para que seja possível, futuramente, implementar no presente projecto PegadaTelevisiva, a possibilidade se de recomendar produtos, serviços ou pessoas a um utilizador é necessário ter-se conhecimento sobre quem é tópico. Como exemplos, onde se verifica preocupação no que toca aos Sistemas de Recomendação, podemos enunciar: a Amazon como sendo um dos exemplos mais conhecidos de um site que contem um sistema de recomendação; outro exemplo é o Ringo, um sistema para recomendação personalizada de música. Este sistema explora as semelhanças entre os gostos de diferentes utilizadores para recomendar itens, baseando-se no facto dos gostos pessoais apresentarem tendências gerais e padrões entre gostos e entre grupos de pessoas. Os utilizadores criam prefis onde indicam as suas preferências musicais através da avaliação de algumas músicas. O sistema usa os prefis para gerar recomendações para os utilizadores. GroupLens consiste num projecto de filtragem colaborativa de notícias, de modo a ajudar o utilizador a encontrar artigos de interesse dentro de um grande leque de notícias. O sistema recolhe a avaliação dos utilizadores referente a artigos já lidos e utiliza esta avaliação para identificar os utilizadores vizinhos mais próximos com avaiações semelhantes; a Recmobcolaborativa é um sistema de recomendação brasileiro baseado na filtragem colaborativa para ambientes móveis. Tem como objectivo possibilitar a recomendação de conteúdo de interesse para alunos de Engenharia de Computação; Last.fm é outro exemplo de um sistema de recomendação de música; Film Affinity possui um sistema de recomendação que permite encontrar pessoas com os mesmos gosto cinematográficos que o utilizador. Tem por ideia encontrar a “Alma-gémea de filmes”.

 

 


# Estado da arte – televisão interactiva

 

 

A televisão interactiva é um serviço, disponível através da emissão de televisão, que difere da contínua transmissão de programas vídeo.

 É um encontro da televisão com a nova tecnologia interactiva. Permite decidir ao cliente decidir qual o serviço a utilizar em qualquer momento.

As aplicações da televisão interactiva distinguem-se pelos tipos de actividade:

  - Selecção de programas e canais (guias de programação electrónica, sistemas de acesso condicionado, etc.)

  -Escolha de menus e transacções (Video-on-demand, costumização,        t-commerce,etc.)

  -Pesquisa e produção de informação (participação em programas, aceder directamente ao site do programa que estou a ver, etc.)

  -Comunicação (jogos interactivos, comunicação sobre e em paralelo com os programas, etc.)

 


# Serviços interactivos

 

Programa em Enhanced Tv – programa que oferece funcionalidades interactivas relacionadas com o programa que se está a ver, não sendo necessário um canal de retorno para interagir.

Exemplos: Legendas que podem ser activadas e desactivadas

Programa Interactivo – programa que oferece funcionalidades interactivas relacionadas com o programa, com um canal de retorno para interagir, para aceder a mais conteúdo, participar em sondagens passatempos…

Exemplos: Quem quer ser milionário

Serviço Enhanced Tv- Serviço de televisão associado a um canal ou a um operador de pay-tv que fornece funcionalidades interactivas não sendo necessário um canal de retorno para interagir.

Exemplos: Electronic Programming Guides

Serviço de televisão interactiva (informação)- Serviço de televisão associado a um canal ou a um operador de pay-tv que fornece funcionalidades interactivas com um canal de retorno para interagir.

Exemplos: Barra Interactiva

Serviço de televisão interactiva (transacção)-serviço de transacções seguras associadas ao operador de pay-tv que fornece funcionalidades interactivas personalizadas.

Exemplos: Video On Demand

Serviço de televisão interactiva (comunicação)- serviço de transacções seguras associadas ao operador de pay-tv que fornece funcionalidades interactivas personalizadas para fins de comunicação.

Exemplos: Email

 

 

# Televisão interactiva - exemplos

 

WeOnTv

Trabalho de investigação da Universidade de Aveiro sobre a televisão interactiva. Esta aplicação faz ponte entre o conteúdo audiovisual da televisão e os espectadores e as suas redes sociais.

Esta é uma aplicação da área da socialTv

Amigo Tv

É uma aplicação de socialTv que permite partilhar opiniões e sentimentos com os amigos. Esta permite comunicação voz, vídeo e texto. Os utilizadores criam perfis e podem consultar o canal que os seus amigos estão a ver e convidá-los a ver outro canal.

Meo interactivo

É um serviço de televisão interactiva pertencente à Pt telecomunicações. O MEO Interactivo é uma área que lhe permite aceder de forma simples a vários serviços na sua televisão.

Com o MEO Interactivo tem acesso a Notícias, Entretenimento, Jogos e Informações Úteis.

Permite gravação de programas, musicbox, videoclube e vários widgets

Iris (Zon)

A Iris é um serviço de televisão interactiva da Zon. Esta aplicação permite gestão da gravação avançada, pesquisa inteligente, conteúdos à medida, videoclube, navegar, gravar e controlar a emissão.

iNeighbour tv

Projecto de investigação do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro.

Aplicação de socialTv destinada a séniores para que estes possam socializar de forma a evitar a solidão. Esta aplicação permite criar uma agenda para a toma de medicamentos de forma a alertar o idosos para quando estes precisarem de tomar o medicamento.

Sofanatics

Sofanatics e uma aplicação de socialTv para fãs de desporto. Surge da necessidade que as pessoas sentem de expressar as suas emoções enquanto vêm desporto na televisão.

 

 

Outros exemplos:

 

Open TV – Open TV Core – software de middleware dirigido para serviços de TV digital mais avançados, incluindo PVR e a TV.

 

Canal+ – MediaHighway – software de middleware de televisão interactiva, introduzido em 1993 por Canal+ Technologies.

 

Microsoft TV – Microsoft TV Foundation Edition –

A plataforma possui um avançado guia de programas interactivo que potencializa todos os serviços da Cabo numa única interface, favorecendo os operadores nas capacidades dos seus serviços.

 

MSN TV / Web TV – MSN TV 2 – set-top-box MSN TV 2 Internet & Media Player, que permite ao utilizador desfrutar de acesso a internet, ver fotografias, ouvir música, aceder ao seu e-mail, vídeos, chat, tudo usando o ecrã de TV .

 

TiVo e DirectTV Plataformas para a gravação e visionamento em diferido de acordo com as opções do utilizador.

 

 

 

 

 

Fazer o dowlnoad: 

 

Estado_Arte..pdf

Pesquisas_21Fev.pdf




Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2011
#Levantamento do estado da arte (2)

 Na aula de Projecto do dia 21 de Fev. de 2011 o grupo iniciou uma prototipagem, em tópicos, do Estado da Arte final.

 

Nesta mesma aula, foram desenvolvidas breves pesquisas sobre:

 

Paralelamente foram estudados artgos científicos, disponibilizados pelos proponentes que terão de ser apresentados na próxima reunião, através de breves apresentações elaboradas por parte dos discentes.

 

 




#Levantamento do estado da arte

Durante as aulas de Projecto, bem como, horas de orientação, o grupo foi desenvolvendo algumas pesquisas relativamente à temática em causa, Televisão Interactiva .

 

A reunião com os coordenadores foi de extrema impotância, visto que, ajudou a "arrumar" conceitos, ideias e planos futuros.

 

O levantamento do estado da arte tem-se baseado sobretudo em casos concretos de investigação, implementação de ideias associadas ao Social-iTv,  tendo sida extraída a ideia de que cada vez mais os conceitos de Televisão Interactiva e Social-iTV percorrem um caminho convergente.





Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2011
#Primeira Reunião com os Coordenadores

 

 

Hoje, dia 18 de Fevereiro de 2011 o grupo responsável pelo projecto “PegadaTelevisiva”, teve a primeira reunião de orientação com os docentes. Nesta foi-nos aconselhada várias directrizes que deveremos seguir para uma melhor compreensão do projecto que temos entre mãos.

 

Inicialmente os docentes propuseram que se começasse por aprofundar conhecimentos sobre “Social-iTV”, efectuando igualmente um estudo sobre livestream, mais concretamente o modo de utilização/funcionalidades (comunicação e recomendação).

 

 

Uma vez que o projecto tem como principal objectivo agradar os espectadores através da social-iTV pretendendo-se rentabilizar a problemática da “companhia” e mecanismos visuais simples e intuitivos, é igualmente importante ter em conta a problemática da privacidade. Para isso desenvolver-se-á uma fase de pré-protótipo para se auferir quais os níveis de receptividade por parte dos utilizadores.

 

Neste seguimento, foi-nos explicado qual a limitação principal quando se fala de Televisão vs Computador. Esta baseia-se nas limitações de input. Enquanto no caso da televisão o input é um telecomando, sendo que, o paradigma de navegação é o de seis botões ou teclas cromáticas e o paradigma de escrita se baseia num teclado virtual ou através das teclas do telecomando, o que torna o procedimento lento. No caso do computador, o paradigma de navegação cinge-se à utilização do rato.

 

 

A reunião desenrolou-se, tendo sido aconselhado a leitura aprofundada dos Sistemas de Recomendação (Recommender Systems).

 

Na próxima semana, no dia 24 de Fevereiro de 2011 teremos de efectuar uma entrega no âmbito da cadeira de Projecto que consistirá no Estado da Arte e Briefing. Para esta avaliação foi-nos aconselhado efectuar um estudo sobre o que há na Web orientado para consumos audiovisuais (ex: youtube). Foi igualmente aconselhado saber noutras áreas/sistemas o que tem sido desenvolvido pois poderemos obter ideias interessantes que poderemos vir a introduzir no caso concreto do nosso projecto.

 

Para a próxima reunião, que está programada para o dia 24 de Fevereiro às 16:00, cada membro do grupo terá de escolher um dos artigos disponibilizados pelos docentes sobre a temática: social-iTV, design, entre outros, e fazer uma breve apresentação.

 

 




Quarta-feira, 16 de Fevereiro de 2011
Gantt

 

Download: pegada_tv.pod




Segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2011
Apresentação do projecto (actualizada)

No âmbito da Unidade curricular de Projecto foram propostos vários temas, tendo sido, atribuído o projecto intitulado “Pegada Televisiva”. 

Este projecto será executado com o auxílio dos proponentes: Prof. Jorge Ferraz de Abreu (Orientador) e Prof. Telmo Silva (Co-orientador). 

O projecto tem como intuito o desenvolvimento de mecanismos de visualizações de padrão de consumo televisivo para plataformas de iTV. O grupo propõe desenvolver escolhas técnicas que possibilitem aos espectadores executar algumas aplicações. Estas, consistirão na criação de um histórico que apresenta a evolução associada à sua “Pegada Televisiva”; poderá também possibilitar a verificação em tempo real ou em diferido de pessoas que poderão visualizar o mesmo programa.

Como objectivo é importante salientar o estudo de características técnicas e gráficas de visualização das plataformas; é igualmente necessário definir a informação relevante a monitorizar, bem como, a apresentação de diferentes protótipos de estratégias de visualização dos dados de consumo televisivo do espectador.

 

 




.mais sobre mim
.pesquisar neste blog
 
.Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. #Plano de teste_grelha de...

. #Plano de teste

. # Entrega Tp6 - Versão Be...

. # Ponto da situação da ve...

. #Aula de OT - 01 Junho 20...

. # Aula de 25 de Maio

. #Módulos a desenvolver pa...

. # Entrega módulo TP5 - Pr...

. #Reunião com os orientado...

. #Aula de Projecto - 18-05...

.arquivos

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

.tags

. todas as tags

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO
.subscrever feeds